Friday, January 27, 2006

Anteontém, no dia 25 vi um filme de ficção cientifica chamado Starship Troopers. O filme em termos de estória não tinha nada de mais a não ser um soldado bom que faz muitas acrobacias e é herói. Mas não me referiria ao filme se apenas tivesse estas caracteristicas tão triviais...
A grande marca do filme para mim foi o sistema politico retratado, que era baseado numa democracia em que as pessoas teriam todas as liberdades que hoje são sagradas nas constituições ocidentais menos a de escolher o seu governante. Muitos de vocês podem estar neste momento a pensar "Ditadura!", mas enganam-se. O direito ao voto obtia-se!, ganhava-se!, através de um período de voluntariado em qualquer sector do estado durante 2 anos, em que todas as despesas e recursos eram fornecidos pelo estado. (O filme apenas retratou o "voluntariado" militar).
Se pensarmos bem, este conceito de dever cívico/voluntariado e de obtenção do direito ao voto, é muito interessante pois iria permitir que as pessoas que votam, tivessem direito a expressar a sua opinião de uma forma previamente educada e com conhecimento do funcionamento, pelo menos parcial, do funcionamento de uma complexa organização que é o caso do estado. Reafirmando o atrás escrito, todos os outros direitos inaleienáveis como por xemplo a liberdade de organização e de concentração de pessoas, continuaria a ser assegurada da mesma maneira que continuaria o estado de direito.
As pessoas não seriam obrigadas a adquirir o direito de votar, mas se decidicem a via do "cidadão" não deveriam ser alvo de qualquer influência externa politica, religiosa ou familiar, sendo consagrado como um direito inalienável.

Se tiverem algumas questões ou reparos á inteligibilidade do texto por favor comentem para que me ajudem a expressar as minhas ideias mais claramente. Obrigado

No comments: